Incentivos Financeiros
Estudos de viabilidade
Incentivos Financeiros
Criação de Empresas
Incentivos Financeiros - Desempregado
     NEWSLETTER
ESPANHA-PORTUGAL: UE INVESTE CERCA DE 111M€ PARA COOPERAÇÃO ENTRE MADEIRA, AÇORES E ILHAS CANÁRIAS

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

QREN COM 90% DE EXECUÇÃO

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Conheça as mais diversas linhas de apoio à criação de negócios e implementação de projectos de Investimento da sua firma.


   Programa Natureza Descrição Saber mais
   Vales

   
   
Em todas estas linhas, o incentivo assume a forma de não reembolsável ou fundo perdido, com limite máximo de 15.000€ por projeto, considerando uma taxa máxima de cofinanciamento de 75%. • Vale Empreendedorismo (serviços de consultoria na área de empreendedorismo, indispensáveis ao arranque de empresas, como os relacionados com a elaboração de planos de negócios e na área da economia digital) - Valorizam-se os projetos em setores de alta e média-alta tecnologia e em bens e serviços intensivos em conhecimento e a empresa deverá ter menos de 2 anos de existência;
• Vale Internacionalização (serviços de consultoria na área de prospeção de mercado - estudos de mercado, aquisição de informação e consultoria especifica; realização de ações de prospeção e a captação de novos clientes, através de deslocações, alojamento, aluguer de espaços e equipamentos, decoração de espaços promocionais e serviços de tradução, associadas a ações de prospeção realizadas em mercados externos) – destinados a PME que não tenham iniciado o seu processo de internacionalização ou, tendo já iniciado, não registam atividade exportadora nos últimos 12 meses em relação à data da candidatura, devendo a empresa deter também, no mínimo, 3 postos de trabalho;
• Vale Inovação (serviços de consultoria de inovação, abrangendo as atividades de consultoria de gestão, assistência tecnológica, consultoria na área da economia digital, consultoria para aquisição, proteção e comercialização de direitos de propriedade intelectual e industrial e para acordos de licenciamento, consultoria relativa à utilização de normas e serviços de ensaios e certificação) – a empresa deve deter, no mínimo, 3 postos de trabalho;
• Vale I&DT (serviços de consultoria em atividades de investigação e desenvolvimento tecnológico, bem como serviços de transferência de tecnologia) - a empresa deve deter, no mínimo, 3 postos de trabalho, e o investimento mínimo elegível é de 5.000,00€;
Saiba mais em
http://www.poci-compete2020.pt/concursos/detalhe/Vales-I&D-Empreendedorismo-Internacionalizacao-Inovacao
   Compete 2020

   
   
Subsidio reembolsável e não reembolsável Apoio ao Investimento em activos fixos, podendo este assumir um financiamento a fundo perdido ou reembolsável, dependendo da natureza do projecto.

Abrande os mais diversos sectores de actividade tendo por objectivo global apoiar projectos de carácter inovador e o esforço na internacionalização. Decorre em fases de candidatura.

COMPETE 2020
SI à qualificação e internacionalização de PME
SI à inovação empresarial e empreendedorismo
SI à investigação e desenvolvimento tecnológico
Saiba mais em
http://www.poci-compete2020.pt/
   Investe Jovem

   
   
- apoio financeiro
- apoio técnico
- apoio à criação do próprio posto de trabalho
- INVESTE JOVEM, programa que se destina a promover a criação de empresas por jovens desempregados entre os 18 e os 30 anos, prestando apoio financeiro ao investimento, apoio técnico e apoio à criação do próprio emprego dos promotores. Saiba mais em
http://www.iefp.pt
   Estágios

   
   
- Bolda mensal indexada ao IAS
- Subsídio de alimentação
- Seguro de acidentes pessoais
- EMPREGO JOVEM ATIVO, que proporciona o desenvolvimento de experiências práticas em contexto de trabalho por equipas de jovens desfavorecidos no ponto de vista das qualificações e da empregabilidade
- ESTÁGIOS EMPREGO, medida que promove a realização de estágios com a duração de 9 meses, para jovens desempregados ente os 18 e 30 anos
Saiba mais em
http://www.iefp.pt
   Apoios à Contratação

   
   
- Apoio financeiro indexado ao IAS ou à retribuição mensal do funcionário
- Dispensa de contribuiçoes sociais
- ESTÍMULO EMPREGO, que presta apoio financeiro aos empregadores que celebrem contratos de trabalho a termo certo por prazo igual ou superior a 6 meses ou contratos sem termo com desempregados inscritos no IEFP, com a obrigatoriedade de lhes prestarem formação profissional (brevemente disponível);
- INCENTIVO EMPREGO, que presta apoio financeiro aos empregadores que, entre 1 de Outubro de 2013 e 30 de Setembro de 2015, celebrem contratos de trabalho;
- DISPENSA DE CONTRIBUIÇÕES PARA A SEGURANÇA SOCIAL, por parte das entidades empregadoras que contratem jovens à procura de 1º emprego ou desempregados de longa duração;
Saiba mais em
http://www.iefp.pt
   Comércio Investe - 2ª Fase

   
       
Subsidio Não Reembolsável Objectivo do Programa

A medida “Comércio Investe” visa apoiar projectos conjuntos, promovidos por associações empresariais do comércio, e projectos individuais – promovidos por micro e pequenas empresas, inseridas nos CAE 47 (comércio a retalho), visando a modernização e valorização da oferta dos estabelecimentos abertos ao público através da aposta na inovação e da utilização de formas avançadas de comercialização.

Entidades Beneficiárias

Micro e Pequenas empresas, independentemente da sua forma jurídica e data de criação;
Actividade principal inserida no CAE 47, com excepção das seguintes classes (47783, 47910) ou dos projectos inseridos nas seguintes actividades (75, 86, 9602, 47300).


Condições de Elegibilidade

Cumprir as condições legalmente exigíveis ao exercício da actividade no estabelecimento objecto da candidatura;
Apresentar, à data da candidatura, uma situação económico-financeira equilibrada (autonomia financeira no ano de 2013 igual ou superior a 0,15);
Ter dado início de actividade, para efeitos fiscais;
Possuir estatuto de micro e pequena empresa e certificado PME respectivo;
Prazo de execução até 12 meses, a partir de 22 de Julho de 2015;
Fontes de financiamento do projecto asseguradas, incluindo pelo menos 20% do montante de investimento elegível em capitais próprios;
Investimento mínimo elegível de 15.000€;
Não ser destinado ao apoio de estabelecimentos que se localizem em centros comerciais ou conjuntos comerciais, sem acesso exterior;
Cada candidatura deve ter como objecto um único estabelecimento com área de venda ao público (2 candidaturas por promotor, no máximo)
?

Condições do Incentivo

O incentivo financeiro a conceder assume a natureza de incentivo não reembolsável (a fundo perdido), correspondente a 40% das despesas elegíveis (com possível majoração de 5%), não podendo ultrapassar o valor de 35.000€ por projecto individual.
As candidaturas podem ser submetidas até 27 de Março de 2015 (projectos individuais) e 13 de Abril de 2015 (projectos conjuntos).


Despesas Elegíveis
Saiba mais em
www.iapmei.pt
   SIALM

   
   
Subsidio Não Reembolsável (fundo perdido) Apoiar iniciativas de microempresas em territórios com problemas de interioridade, dinamizando as economias locais. Saiba mais em
http://www.qren.pt
   PAECPE - INVEST+ e MICROINVEST

   
   
-Antecipação das
Prestações de Desemprego
-Crédito Bonificado com Garantia Mútua
Conjunto de apoios com vista à criação de pequenos negócios cujos seus promotores se encontrem numa situação de Desemprego. Saiba mais em
http://www.iefp.pt
   PDR - Programa de Desenvolvimento Rural

   
   
Subsidio Reembolsável e Não reembolsável
Taxa base 30 % de incentivo não reembolsável, podendo ser aplicadas majorações
Objetivos gerais:
a) Reforçar a viabilidade e a competitividade das explorações agrícolas, promovendo a inovação, a formação, a capacitação organizacional e o redimensionamento das empresas;
b) Promover a expansão e a renovação da estrutura produtiva agro-industrial, potenciando a criação de valor, a inovação, a qualidade e segurança alimentar, a produção de bens transaccionáveis e a internacionalização do sector;
c) Preservar e melhorar o ambiente, assegurando a compatibilidade dos investimentos com as normas ambientais e de higiene e segurança no trabalho.
Candidaturas abertas:
Ação 3.2 – Investimento na exploração agrícola
Ação 3.3 - Investimento na transformação e comercialização de produtos agrícolas

Em breve abertura de novas linhas.
Saiba mais em
http://www.pdr-2020.pt/balcao/inicio/auth/login
   PME Crescimento

   
   
Crédito com Garantia Mútua Financiamento de operações destinadas a investimento novo em activos fixos corpóreos ou incorpóreos (a realizar no prazo de 6 meses após a data da contratação), ou ao reforço do fundo de maneio ou dos capitais permanentes; Excepcionalmente, até 30% da operação poderá ser utilizada para liquidar dívidas contraídas junto do sistema financeiro nos 3 meses anteriores à data da sua contratação destinadas, exclusivamente, à regularização de dívidas em atraso à Administração Fiscal e Segurança Social. Saiba mais em
http://www.iapmei.pt
   FINICIA

   
   
- Crédito Bonificado
- Capital de Risco
Plataforma de apoio que apresenta diversas soluções de financiamento, que de uma forma isoladas ou em conjunto,
se destinam à criação de negócios ou ao apoio durante os
primeiros 3 anos de actividade.
Saiba mais em
http://www.iapmei.pt
   POPH

   
   
Formação Programa que visa apoiar os empreendedores na aposta em qualificação de Recursos Humanos.
Decorre em fases de candidatura.
Saiba mais em
http://www.poph.qren.pt
INCENTIVOS FINANCEIROS todos os direitos reservados 2010 Declaração de Privacidade Design by 4Best